Startup premiará 500 bolsas de intercâmbio para estudantes Empresa também promete doar bolsas de língua para quem não sabe nenhum idioma

A startup “OBolsista” vai premiar cerca de 500 bolsas de intercâmbio para estudantes de baixa renda. A empresa promete cobrir todos os custos de passagens, estadia e alimentação dos selecionados. E também diz que vai pagar despesas com passaportes, vistos e autorizações. Podem participar jovens do ensino médio ou universitários com mais de 17 anos e 11 meses.

VEJA TAMBÉM  STJ autoriza concurso com remuneração de até R$ 11 mil

Os interessados devem passar por um processo seletivo composto de provas de conhecimentos gerais e redação, ambas parecidas com o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Serão assuntos de história, geografia, filosofia, sociologia, física, química, biologia e matemática. O candidato também precisará fazer um teste de proficiência em inglês ou espanhol, sendo que o candidato escolhe o idioma de preferência.


Curta o Mercado de Carreiras no Facebook:


  Curta o Mercado de Carreiras no Facebook:    


Se o aprovado não tiver nenhum conhecimento de idioma, o programa também promete pagar um curso de língua para o jovem. “A pessoa não vai ser medida pelo quanto ela entende de inglês ou espanhol. Das 500 vagas, 100 são destinadas às pessoas que não têm nada ou quase nenhum conhecimento da língua estrangeira”, explicou o fundador Elizeu Roberto. As aulas serão realizadas meses antes do embarque em instituições parceiras da empresa.

LEIA MAIS:

O programa, de acordo com a startup,deve durar entre 15 e 20 dias, mas o prazo pode ser estendido até um mês. Os destinos dos selecionados serão o Chile e a Espanha. Há possibilidade da inclusão de outros países como os Estados Unidos.

Os exames estão previstos para acontecer em todas as capitais do Brasil ao longo de 2018. A data para Pernambuco ainda não foi definida, mas já tem para alguns estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia: sábado, 14 de abril.

Taxa de inscrição para intercâmbio

A taxa de inscrição é de R$ 90, mas quem não tem condições pode pagar a metade: R$ 45. Mais informações clique aqui.

Veja postagem:

Com informações da Revista Galileu


 

| CONTINUE LENDO |

Deixe uma resposta